Setor cervejeiro de Blumenau dobra arrecadação de ICMS em cinco anos

Foto: e-auditoria.com.br/

Nos últimos cinco anos o setor cervejeiro de Blumenau dobrou sua arrecadação de ICMS. Em 2015, o segmento contribuiu com R$ 518,9 mil do imposto sobre circulação de mercadorias e serviços que volta para o município. Em 2019, a quantia já havia saltado para R$ 1,02 milhão. Os dados foram levantados pelo Secretaria da Fazenda a pedido da coluna. Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, já são 20 empresas na cidade dedicadas à fabricação de cerveja e chope. É o triplo do que havia cinco anos atrás.

O crescimento dos indicadores econômicos é resultado da contínua expansão do setor, que por aqui encontra terreno fértil para florescer. E isso começou bem antes de a cidade receber o título de capital nacional da cerveja, após lei federal sancionada em 2017. A tradição de combinar água, lúpulo, malte e fermento teve início ainda no século 19, quando imigrantes alemães fundaram na Vila Itoupava a Cervejaria Feldmann. A atividade, no entanto, dormiu por anos em uma espécie de berço esplêndido.

O despertar tardou, mas veio na virada do milênio. Empresas como Eisenbahn e Bierland começaram a produzir cervejas artesanais em um mercado, à época, praticamente restrito às grandes cervejarias. Logo outras seguiram pelo mesmo caminho. Em 2005, o segmento ganhou novo impulso com a inclusão de marcas regionais no cardápio da Oktoberfest. Três anos depois, um projeto do Instituto de Administração e Direção de Empresas deu origem à Escola Superior de Cerveja e Malte, primeira instituição de ensino superior da América Latina focada no setor de bebidas e que até hoje recebe alunos do mundo inteiro em seus cursos.

Somadas a essas iniciativas, a cidade começou a abrigar um concurso, um festival e uma feira de equipamentos para este mercado. São justamente esses três eventos que farão os olhos do mundo cervejeiro se voltarem a Blumenau a partir deste sábado (7) e ao longo de toda a próxima semana. É mais uma oportunidade para o município atestar sua vocação de polo cervejeiro.

Fonte: nsctotal.com.br / Pedro Machado

Nenhum comentário :

Instablog

[Instablog][bleft]