Cerveja Devassa fecha patrocínio com maior festival de cultura negra do mundo, o AFROPUNK



Foto: thyblackman.com

Parceria entre o maior festival de cultura negra do mundo e a cerveja do Grupo HEINEKEN, começou no carnaval baiano e expande até o Festival AFROPUNK 2020.

Após anunciar a chegada da primeira edição do Festival Afropunk ao mercado latino-americano, em Salvador, o AFROPUNK, marca internacional de música e entretenimento, se alia à marca de cerveja DEVASSA, do Grupo Heineken, para ações ao longo do ano em eventos no Brasil. 

O início da parceria se deu numa ação especial para o carnaval de Salvador, em parceria com o grupo Baiana System, que aconteceu nos dias 22 e 23 de fevereiro e animou o circuito Barra Ondina. Além de participar do carnaval de Salvador ao lado do Afropunk, a Devassa também será a cerveja oficial no FESTIVAL AFROPUNK 2020, a ser realizado na capital baiana, em novembro desse ano. 

Foto: meioemensagem.com.br

Esta primeira ação do AFROPUNK, no carnaval da Bahia, marca a contagem regressiva para a primeira edição brasileira do AFROPUNK no Brasil, que acontece na capital baiana, nos dias 28 e 29 de novembro, no Centro de Convenções de Salvador. 

Matthew Morgan, cofundador do AFROPUNK, explica a escolha dessa primeira ação aberta ao público do festival, "Ano passado estive pela primeira vez no Carnaval de Salvador e senti uma conexão tão forte que não podíamos deixar de estar presentes nesta manifestação tão importante da cultura afro-brasileira. A Bahia me impactou à primeira vista e estamos muito ansiosos para a edição do Festival AFROPUNK lá.

Já Gabriel D’Angelo Braz, declara sobre a parceria, “Devassa é uma marca que glorifica as expressões culturais brasileiras, carregadas de um espírito criativo e transformador. A música brasileira é única, com toda a sua mistura de sons e batidas. Estar ao lado do Afropunk nesses encontros musicais reforça o nosso objetivo em comum de valorizar e celebrar a cultura”.

SOBRE O AFROPUNK

O AFROPUNK é uma celebração de diversas expressões negras da diáspora africana imersas em atitude e ativismo de resistência. Trata-se de um ethos punk fundamental para a libertação negra, liberdade de existência para a promoção de igualdade global.


A missão Afropunk é construir comunidade, diálogo e consciência. O movimento acolhe e conecta a comunidade de jovens afro das gerações Y e Z que se sentem oprimidos, marginalizados e excluídos por sistemas, estruturas e ideologias sociais de supremacia branca, patriarcado heteronormativo e colonização com criatividade, inovação e colaboração.


Fonte: Assessoria Grupo Heineken

Nenhum comentário :

Instablog

[Instablog][bleft]