Aprendendo a Beber - Vol. II




Olá meus amigos!! 

Quando alguém começa a experimentar os diversos estilos de cervejas artesanais é comum bater aquela curiosidade sobre as harmonizações. 

Normal. Se a breja por si só já proporciona uma infinidade de sensações imagina combinando com o prato certo. Ao ler sobre o assunto, o curioso iniciante vai encontrar as harmonizações clássicas, consagradas pela literatura e pelos sommeliers, tais como Weiss e Wit harmonizando com peixes e frutos do mar, IPAs com hambúrgueres e comida condimentada e por aí vai. 

Sem dúvida, é uma estruturação que exigiu estudo e qualificação. Como consumidor e colunista peço licença para “condimentar” o debate com uma pergunta simples: qual será a sensação quando alguém harmoniza uma bebida da qual não gosta com um prato qualquer, por mais maravilhoso que ele seja? 

OK, não é uma pergunta tão simples, mas a resposta talvez seja: se você não gosta de uma bebida, dificilmente a harmonização dela com algum prato vai te satisfazer. Quem não gosta de IPA certamente vai preferir comer seu hambúrguer ou churrasco acompanhado de uma boa Witbier, porque não? 

Às vezes, mesmo a harmonização de duas coisas que gostamos não funciona bem. No meu caso, gosto muito de café e mais ainda de acarajé. Mas os dois juntos combinam? A resposta é: depende do paladar de quem está harmonizando. Pra mim não funcionou, mas...



Claro que nada disso invalida o trabalho dos sommeliers ou a vasta literatura disponível sobre o assunto. Longe de mim!! Mas se basicamente o paladar de quem está harmonizando interfere no resultado da harmonização, minha dica é complementar a leitura com pequenos desvios das regras, provando novas cervejas com pratos diferentes e tentar descobrir o que mais te agrada. 

E mesmo após definir seu estilo preferido vale a pena continuar experimentando, pois independente do resultado final, a jornada em si é quase sempre a parte mais interessante da experiência. 

Na próxima coluna vamos falar sobre as siglas e informações que vão nos rótulos das cervejas e como usá-las para escolher a sua breja. 


Abraço!!

Fábio Guerra
Cervejeiro e Sócio Proprietário da Empresa Planeta Cevada
Comentarista do Programa Estação da Cerveja da Rádio Metrópole 101,3 FM
Colunista do Portal da Cerveja

A opinião dos colunistas deste site não condiz necessariamente com a opinião do portaldacerveja.com. Fábio Guerra tem liberdade para explanar seus pensamentos sem nenhum tipo de filtro ou censura, de forma sólida e autêntica. Sendo assim, o texto é de inteira responsabilidade do seu autor.

Portal da Cerveja
Beba, Curta e Siga - @portaldacervejaoficial
www.portaldacerveja.com
O Melhor Veículo de Comunicação Cervejeira da Bahia

Um comentário :

  1. Você bateu recordes de matar todo mundo de inveja nesse post. Aff... Deu fome!
    Adorei o "desvio de regras"
    Saúde!

    ResponderExcluir

Instablog

[Instablog][bleft]