Eventos Cervejeiros

[Eventos Cervejeiros][twocolumns]
[Eventos Dois][twocolumns]

Cerveja com Nitrogênio? Agite antes de abrir? Como é isso? Conferimos Ao Vivo!


Olá, meu povo, quando estive em São Paulo, na Brasil Bräu, em julho (clique aqui e relembre), vi uma coisa que fiquei impressionada. Uma máquina colocando nitrogênio na cerveja. Já tinha ouvido falar disso, como muitos de vocês já devem ter ouvido também. Na hora, com o corre-corre, não tive como fotografar nem tirar dúvidas com os expositores ali presentes. Porém, voltei a Salvador com a curiosidade na cabeça. E, claro, fui correndo pesquisar para trazer mais novidades aqui. 

Entre uma pesquisa e outra, uma conversa aqui, outra ali, eis que descubro que um dos sócios da cervejaria paranaense Maniacs Brewing Co., uma das pioneiras em utilizar nitrogênio na cerveja no Brasil, mora onde??? Acreditem, aqui na terra do dendê! E, óbvio, eu fui correndo atrás dele, né?!


Antes de falar da análise sensorial da Maniacs Nitro, vamos voltar um pouquinho no tempo para entender melhor de onde veio a ideia de colocar nitrogênio na cerveja. Não é de hoje que a irlandesa Guinness, com sua famosa e clássica Stout, utiliza nitrogênio no chope na hora de tirar a bebida na pressão. Essa forma de ser servida virou mania nos EUA e não só na forma de chope, mas em cerveja também. E nós brasileiros não íamos ficar de fora dessa, né?! Aqui no Brasil isso já acontece há algum tempo com o chope Brahma Black. Algumas cervejarias daqui já estão produzindo as "NITRO" em forma de cerveja. A Maniacs inovando mais uma vez não se contentou somente com estilo Stout, produzindo também as "nitros" nos estilos Red e IPA. Infelizmente, no dia da entrevista não tinha disponível a Red para degustação, então fiz essa experiência com a Maniacs Nitro Stout e com a Maniacs Nitro IPA

Vamos falar um pouquinho de química e física? (Não desiste!!! Eu juro que vai ser bem fácil de entender!). Durante a fermentação a levedura age sobre os açúcares liberados pelo malte e os transforma em gás carbônico (CO2) e álcool, ou seja, toda cerveja já tem uma carbonatação própria da fermentação, ainda que pequena, como é no momento do envase por exemplo. Aí os cervejeiros podem adotar técnicas como a carbonatação forçada, que nada mais é do que adição de CO2 na bebida, o priming (solução açucarada para estímulo do fermento dentro do recipiente), a refermentação (adição de leveduras também dentro do recipiente), o intuito é promover uma adição de gás na bebida, antes do consumo. E algumas cervejarias partiram para essa solução por meio do nitrogênio. Algumas empresas utilizam 3/4 de nitrogênio e 1/4 de CO2, mas André revelou que a Maniacs usa somente o nitrogênio líquido no envase, deixando a produção do CO2 por conta da fermentação. 

O nitrogênio líquido é inodoro, sem cor e sabor, e já é usado comumente no preparo de sorvete caseiro para adicionar cremosidade. E é exatamente aí que a cerveja entra na história! Com esse mesmo objetivo, o N2 é adicionado na cerveja, mas diferente do CO2, o nitrogênio não se dissolve na cerveja, por ser um gás mais inerte. Por isso, antes de abrir a lata, é preciso agitar três vezes e servir vigorosa e imediatamente num copo, assim o nitrogênio vai se misturar mecanicamente com a cerveja. Então vamos ver um vídeo rapidinho de como a Maniacs NITRO deve ser servida e já já volto explicando todo esse efeito na breja.


Gostaram do efeito cascata invertida que o N2 traz para a cerveja? O resultando é um lindo espetáculo visual: quanto mais tempo a espuma demora em se estabilizar, mais bonito fica. E vocês não têm noção da cremosidade dessa cerveja, gente! A espuma fica densa e persistente por muito mais tempo e com o corpo mais leve.

E a pergunta que não quer calar: o nitrogênio altera o aroma e o sabor da cerveja? Uma característica química do nitro é a sua alta volatilidade e inevitavelmente o aroma é liberado mais rápido que o normal. O sabor não é alterado, só que a receita para receber o nitrogênio é específica para tal. Segundo Nogueira, não se pode pegar qualquer receita de cerveja e simplesmente adicionar N2. A cerveja tem que ser devidamente preparada para receber esse gás inerte e para isso, inclusive, eles usam aveia na elaboração. 

Já o amargor, esse sim, é alterado. Lembra que falei que o nitrogênio se mistura mecanicamente com a cerveja e, por isso, ao abrir a latinha, ele evapora rápido? Isso faz com que o amargor seja atenuado, motivo pelo qual a empresa não calcula o IBU, pois ele é variável nesse caso. A IPA nitrogenada no início é bem mais aromática e amarga, depois de um tempo tanto o aroma de lúpulo quanto a sensação de amargor vão diminuindo aos poucos. Inclusive a Maniacs IPA Nitro ganhou o prêmio de melhor cerveja brasileira do World Beer Awards 2017 na categoria Experimental. 

Ah! Antes que me perguntem já vou avisando, nada de colocar nitro líquido em garrafa de vidro, ok?! Há sérios riscos de explosão. Você só vai encontrar por aí as "nitros" em lata, até porque o alumínio ajuda a conter o nitrogênio, diminuindo esse risco. Ah, e o que achei da breja? Adorei! Achei fantástico o gesto lúdico de agitar a latinha, maravilhoso o efeito em cascata e não há perdas no quesito sabor. Acho que super vale a pena experimentar! 

Em Salvador, o único lugar que tem é no Andarilho Pub & Store, aquele que fica ali no Horto Florestal, subindo a ladeira do Extra (Vasco da Gama), ao lado da Drogaria São Paulo, sabe?! 

Sei que hoje fui bastante extensa, mas o assunto pedia!!! Vou ficando por aqui e semana que vem volto com mais novidades.

Beijos e Boas Cervejas!

Débora Matos
Sommelière de Cervejas; Especialista em Análise Sensorial e Off-Flavours; 
Certificada pelo Instituto da Cerveja Brasil (ICB), Associação Brasileira de Sommelier (ABS) e Association de la Sommellerie Internationale (ASI – França)
Consultora Especialista do Programa 'Dicas da Saidera' na TV Aratu Online

2 comentários :

  1. Ótima matéria, fiquei com água na boca e muito curioso para conhecer essa novidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Experimenta e depois conta para gente o que você achou Henrique!!

      Excluir

Degustando

[Degustando][bleft]

Mundo da Cerveja / Série Introdutória

[G Barbosa][twocolumns]